A Bíblia Sagrada é um livro no qual Deus revelou para que tenhamos referenciais sobre ele e sobre o mundo, mas a dúvida que fica é como iniciar o estudo bíblico?

Deus deu esse livro para lermos e estudá-lo, buscando conexão com ele através da meditação.

Quando é dito que a bíblia é a revelação de Deus, significa que é por meio dela que ele se revela a nós diariamente, basta nós buscarmos, estudarmos e nos aprofundar para que vivamos tudo que ele tem reservado para nós e é prometido em suas escrituras.

Se você não sabe como iniciar o seu estudo bíblico, segue a leitura que vamos te mostrar como você pode fazer isso diariamente!

Estudo Bíblico: Por onde começar?

Antes de tudo, é importante que você defina o objetivo em querer fazer o estudo bíblico por um período, seja por 6 meses ou 1 ano, além de saber sua disponibilidade de tempo.

Depois, você precisará criar hábitos, veja algumas sugestões para que crie seu plano de leitura bíblica:

  • Na primeira semana, define um tempo de pelo menos 15 minutos para leitura
  • Na segunda semana, aumente esse tempo para no mínimo 30 minutos
  • Inicie lendo o Novo Testamento
  • Comece pelo livro de Mateus e depois o de João
  • Em seguida, medite sobre o que entendeu desses dois livros, faça anotações para fixar melhor seu entendimento
  • E comece o livro de Marcos
  • Após concluir Marcos e os outros evangelhos, comece a leitura dos livros de Paulo, como Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, entre os outros
  • Agora inicie a leitura do Antigo Testamento, iniciando de Gênesis até Malaquias
  • Não esqueça de pedir discernimento a Deus para que compreenda tudo que ele deseja te falar e ensinar
  • Por fim, inicie a leitura de Apocalipse, sabendo que são visões espirituais do Apóstolo e profeta João.

De acordo com sua leitura da palavra de Deus, você começa a entender a importância e necessidade da leitura, pois a bíblia é como um manual para a vida.

estudo bíblico

O que é a Bíblia?

É chamada também como “O Livro dos Livros”, na qual contém 66 livros divididos entre Antigo e Novo Testamento.

O Velho testamento possui 39 livros, nos quais foram escritos em hebraico e aramaico, de Gênesis a Malaquias.

Já o Novo testamento tem 27 livros, em que foram escritos em grego e aramaicos, que é de Mateus a Apocalipse.

Na antiguidade, a bíblia passou a ser escrita com uma planta chamada “papiro” ao invés de pedras, e nessas folhas do papiro eram escritos os textos, nos quais eram guardados como rolos ou pergaminhos.

Cada livro em grego era traduzido por biblos e o plural dessa palavra é “bíblia”, originaram a Bíblia como um conjunto de livros, sendo considerado sagrado.

Além dessa palavra, também era chamada por “Lei”, “Verdade”, “Palavra de Deus”, “Mandamentos”, entre muitos outros nomes.

É um conjunto de livros, em que Deus dá instruções e informações sobre ele, suas boas novas, seus feitos e propósito sob todos na terra, isto é quem somos, de onde viemos e para onde vamos.

Há mais ou menos 1.500 anos antes de Cristo e 100 anos depois dele, a bíblia foi escrita e traduzida para diversos idiomas, por uns 40 autores de diferentes épocas, gênero e estilo literário.

Além disso, tem uma riqueza de histórias, parábolas, poesias, diversos personagens históricos que inspiram fé e nos faz compreender os ensinamentos sobre a justiça de Deus.

Embora tenha toda essa diversidade, toda a bíblia serve para testificar sobre Jesus Cristo, de Gênesis a Apocalipse a bíblia nos remete a Deus na pessoa de Jesus.

Mesmo com tudo isso, cada pessoa pode viver experiências únicas ao fazer a leitura, com todos os conhecimentos e ensinamentos que podem nos beneficiar em todas as áreas de nossa vida.

A bíblia é a palavra inspirada por Deus e ser usada por nós como instrumento para conhecer o também o ser humano e seus propósitos:

  • “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para correção e para instrução na justiça.” (2 Timóteo 3:16).

Gostou desse conteúdo sobre estudo bíblico? Veja mais em nosso blog agora mesmo e edifique sua vida em todas as áreas!